Segundo dados da Associação dos Cartórios Brasileiros, cerca de 12 mil crianças se tornaram órfãs de pai, mãe ou de ambos, durante a pandemia. Políticas públicas precisam levar em consideração a assistência econômica das famílias.

#JTCultura #JornaldaTarde

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *