A União Europeia acusa Belarus de admitir migrantes e a ajudá-los a atravessar as fronteiras para a Polônia e outros países membros da UE. Muitos migrantes estão chegando na cidade da fronteira alemã Eisenhüttenstadt que recebeu 10 vezes mais pessoas do que nos últimos anos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *