O principal índice de ações da bolsa de valores de São Paulo, a B3, opera em alta nesta sexta-feira (18), com os investidores monitorando o cenário fiscal doméstico e a falta de avanço nas negociações entre Rússia e Ucrânia.

Às 11h17, o subia 0,68%, a 113.841 pontos, caminhando para encerrar a semana com ganhos. Veja mais cotações.

Já o dólar é negociado em alta.

Na quinta-feira, a bolsa fechou em alta de 1,77%, a 113.076 pontos.

SAIBA MAIS

O que está mexendo com os mercados?

No exterior, as Bolsas europeias operam em queda nesta sexta, com os investidores se concentrando nas negociações de paz entre Rússia e Ucrânia, que não mostraram nenhum progresso tangível até agora.

Os preços do petróleo são negociados em alta nesta sexta, com o Brent sendo negociado acima de US$ 107, em meio também a alertas de escassez de oferta.

Na Rússia, o banco central do país manteve sua taxa básica de juros em 20% nesta sexta-feira e alertou para uma perspectiva de inflação mais alta e contração econômica.

Por aqui, o IBGE mostrou que a taxa de desemprego ficou em 11,2% no trimestre encerrado em janeiro. Já o rendimento real do trabalhador voltou a cair, ficando em R$ 2.489 na média, encolhendo 9,7% em 1 ano.

Os juros em patamares elevados no Brasil e o diferencial em relação aos juros nos EUA e outras economias têm contribuído para o fluxo de dólares para o país e para a valorização do real em 2022. O Brasil possui atualmente a segunda maior taxa de juros reais no mundo, atrás somente da Rússia.

Na quarta-feira, o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central decidiu elevar a taxa Selic de 10,75% ao ano para 11,75% ao ano –maior nível em quase cinco anos. Na visão do Itaú, o BC deve elevar a taxa básica para 12,75% ao ano na próxima reunião, e encerrará o ciclo de altas em 13% ao ano.

Newsletter G1 Created with Sketch.

O que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

As notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail. Para se inscrever, entre ou crie uma Conta Globo gratuita.

Obrigado!

Você acaba de se inscrever na newsletter Resumo do dia.