Com domínio no mercado do e-commerce na Índia, Amazon e Flipkarte podem ter, nos próximos meses, uma concorrência mais parelha. Isso porque, de acordo com a Forrester, empresa de pesquisa e consultoria, Tata Cliq e Reliance Digitial estão ficando mais próximas do duopólio citado.

“O duopólio Amazon-Flipkart está rapidamente se tornando uma competição de quatro vias, com a Reliance Digital e a Tata entrando na briga”, afirma o relatório. “Estimamos que Flipkart, Reliance, Amazon e Tata detenham, coletivamente, mais de 80% do mercado de varejo online da Índia e cada um manobra à sua maneira para ser mais participativo”, complementam.

Enquanto o Tata Group está trabalhando em um super aplicativo para levar seu e-commerce para o próximo nível e adquiriu plataformas como Bigbasket e 1mg, a Reliance está construindo sua plataforma de comércio eletrônico chamada Jiomart e fez vários investimentos, incluindo a plataforma de comércio rápido, Dunzo em janeiro deste ano.

A ET informou em 16 de março que a Tata está buscando autorização da National Payments Corporation of India (NPCI) para começar a operar na Unified Payments Interface (UPI) como um provedor de serviços de pagamentos terceirizado que oferece serviços de pagamentos digitais. A ET também informou que a Tata Digital, braço de tecnologia da holding, busca mais fundos da controladora, Tata Sons, em vista de expandir negócios.

O relatório da Forrester disse que o crescimento geral do varejo da Índia desacelerou pela primeira vez após vários anos de aumentos de dois dígitos no EF21, quando o produto interno bruto (PIB) encolheu 7,3% em meio à pandemia e aos bloqueios. Mas o varejo online cresceu 5%, somando US$ 1,6 bilhão em vendas.

Cenário do e-commerce

A consultoria espera que o mercado de vendas online na Índia volte a crescer, expandindo cerca de 20% a cada ano até, em 2025, atingir US$ 85 bilhões.

Outra tendência importante (e que deve ser implementada no mercado indiano) é a expansão omnichannel. Estar presente tanto online quanto offline, portanto, deve se tornar regra.

A pesquisa da Forrester descobriu que 77% dos adultos da região metropolitana da Índia se sentem mais confiantes sobre uma compra quando usam um smartphone para fazer pesquisas enquanto estão na loja, indicando a tendência crescente da integração digital-física.

Leia também: Indiana Flipkart recebe aporte do Softbank e já vale mais de US$ 37 bilhões

Fonte: India Times