Pesquisa da IDC realizada a pedido da Infobip, empresa de comunicação em nuvem omnichannel, mostra que mais de 80% dos varejos utilizam redes sociais, como Facebook e Instagram, para suas vendas.

Ainda segundo o estudo “Crie uma plataforma abrangente para uma boa experiência no cliente de varejo”, esses números são um reflexo da pandemia, que causou um aumento de 40% no acesso às redes sociais e obrigou os varejistas a explorarem outros canais de venda, além de novas funcionalidades de marketplace e diferentes meios de pagamento, como o WhatsApp Pay.

Além disso, mais de 86% dos varejistas usam as informações que são geradas pelos clientes em ambientes virtuais para criar comunicações personalizadas ou estratégias para programas de fidelidade.

A pesquisa também mostra que as empresas estão se preparando para oferecer produtos e serviços digitais ao consumidor final. Desse mercado, 33% buscam ofertar esse tipo de serviço porque seus clientes exigem e 23% porque buscam ser disruptivos e inovadores.

Leia também: Dia do Consumidor cresce 22% e movimenta R$ 722 milhões no e-commerce em 2022