A Estação Espacial Internacional (ISS) deve receber quatro novos tripulantes nesta sexta-feira (8). Os viajantes são membros da primeira missão totalmente privada enviada para o laboratório espacial.

Os astronautas particulares decolaram de uma base no Cabo Canaveral, na Flórida, por volta das 12h10. Eles devem se juntar aos demais membros da Estação Espacial Internacional no sábado (9).

O evento marca um novo passo rumo à privatização da chamada órbita baixa – região onde se encontram satélites e a própria ISS.

1 de 2 Larry Connor, Mark Pathy, Michael López-Alegría e Eytan Stibbe, tripulantes da missão Ax-1 — Foto: Divulgação

Larry Connor, Mark Pathy, Michael López-Alegría e Eytan Stibbe, tripulantes da missão Ax-1 — Foto: Divulgação

A missão terá 10 dias de duração, sendo que em 8 dias os tripulantes ficarão a bordo da ISS. Batizada de Ax-1, a missão é organizada pela empresa Axiom Space, que contratou o voo da SpaceX, do bilionário Elon Musk.

Transmitido pelo canal oficial da companhia espacial de Musk, o evento teve mais de 130 mil expectadores. No foguete, estão três empresários que pagaram dezenas de milhões de dólares cada um e um ex-astronauta que já esteve na ISS. Esses são os passageiros da Ax-1:

De acordo com o chefe da Axiom Space, Michael Suffredini, "eles realizarão pesquisas importantes". Os tripulantes farão 25 experimentos científicos, alguns deles sobre células-tronco ou a saúde do coração, em colaboração com centros de pesquisas sobre a Terra.

Em entrevista coletiva antes da missão, o comandante afirma que o propósito da "visita" ao laboratório espacial tem relevância científica.

"Não somos turistas espaciais", disse Lopez-Alegria em entrevista coletiva. "Não são férias."

Criação de uma ISS privada

Por outro lado, a Axiom Space também possui interesses comerciais. De acordo com a empresa, essa será a primeira de várias visitas à ISS para estudo – a companhia planeja construir uma estação espacial privada.

A Axiom Space tem um acordo para realizar quatro missões com a SpaceX. A Nasa, que cobra pela estadia na ISS, já aprovou o início da Ax-2, a segunda missão da empresa.

2 de 2 Axiom Space contratou a SpaceX para levar seus astronautas particulares para a ISS — Foto: Divulgação

Axiom Space contratou a SpaceX para levar seus astronautas particulares para a ISS — Foto: Divulgação

Os "astronautas particulares planejam pesquisas com impacto real", afirma Robyn Gatens, diretora da ISS, em entrevista. A tripulação também aproveitará a oportunidade para trazer experimentos da Nasa para a Terra, o que, segundo ela, será muito útil, uma vez que o laboratório aéreo se encontra abarrotado.

O movimento de privatização da órbita baixa é incentivado pela Nasa, que não quer mais precisar gerenciar a operação de uma estação, e sim contratar os serviços de estruturas privadas, para se concentrar na exploração longínqua.

Em 2021, a Rússia também enviou novatos para a ISS: uma equipe de filmagem para rodar um filme, além de um multimilionário japonês e seu assistente.

SpaceX: 10 pontos sobre a companhia e seu polêmico fundador, Elon Musk

SpaceX: 10 pontos sobre a companhia e seu polêmico fundador, Elon Musk

Com informações da agência AFP.

Newsletter G1 Created with Sketch.

O que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

As notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail. Para se inscrever, entre ou crie uma Conta Globo gratuita.

Obrigado!

Você acaba de se inscrever na newsletter Resumo do dia.