Preço do gás de cozinha vai cair nas distribuidoras

Preço do gás de cozinha vai cair nas distribuidoras

A Petrobras informou nesta sexta-feira que vai reduzir em 5,6%, a partir de sábado, o preço do gás de cozinha (GLP) para as distribuidoras, a primeira diminuição desde março de 2020, contando com um alívio na cotação do petróleo e no câmbio.

Os preços do gás de cozinha — um item que influencia os índices inflacionários e pesa especialmente no bolso dos mais pobres — acompanharam uma escalada das cotações do petróleo Brent nos últimos dois anos, assim como um fortalecimento do dólar frente ao real.

Mas, recentemente, o Brent perdeu força em relação à máxima de US$ 139 o barril registrada em março — maior nível desde 2008 — , sendo negociado agora apenas um pouco acima de US$ 100.

Além disso, o dólar está relativamente mais fraco frente o real, desvalorizando-se no acumulado do ano cerca de 15%.

Nesta sexta-feira (8), os preços do petróleo fecharam em alta, após três sessões consecutivas de queda, à medida que se dissipa o impacto do anúncio de um uso maciço de reservas de petróleo por parte de vários grandes consumidores.

O preço do barril de Brent do Mar do Norte para entrega em junho subiu 2,18% em Londres, fechando a US$ 102,78.

Newsletter G1 Created with Sketch.

O que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

As notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail. Para se inscrever, entre ou crie uma Conta Globo gratuita.

Obrigado!

Você acaba de se inscrever na newsletter Resumo do dia.