Você já deve ter visto ou até mesmo comprado em alguma loja virtual um produto incomum, com sua especificidade e que chamou sua atenção por algum motivo. Seja pelo diferencial do produto, pela boa experiência dentro do site ou até mesmo pelo propósito da marca, de alguma forma aquela empresa ficou marcada – e não foi por motivos negativos. Felizmente, cases de sucesso não são raros dentro do e-commerce, conhecido por ser um mercado democrático e abrangente – características muito bem aproveitadas pelas PMEs. 

Segundo um levantamento feito pelo Sebrae, só em 2021, 4 milhões de micro e pequenas empresas foram abertas no online. O resultado disso foi de um crescimento de 19,8% em comparação a 2020. A entrada dessas empresas no digital tem impactos significativos no setor, e também abre ainda mais o leque de oportunidades e inspirações.

Listamos algumas empresas que tiveram destaque e criatividade na hora de se inventar ou reinventar. Confira a lista abaixo e inspire-se você também. 

Dionísio ag.

A Dionisio.Ag, agência full service especializada em arte, nasceu para unir empresas a artistas. A empresa expandiu sua atuação no mercado da arte brasileira lançando a Dionisio Store, um e-commerce voltado para colecionadores e amantes da arte que procuram obras exclusivas.

Victor Barros e Jean Paschalis, fundadores da Dionísio Ag, explicam como é feita a compra de uma arte no site da Dionísio e falam sobre se, na pandemia, as pessoas começaram a valorizar mais a arte, além de mostrarem como essa expressão cultural e e-commerce tem tudo a ver. 

Objetos de Coração

Roberta Miranda sempre foi uma apaixonada por corações. Mas ela conta que nunca foi uma tarefa fácil encontrar objetos no formato romântico. Foi então que surgiu a ideia de criar uma marca focada apenas em produtos que levem um coração.

São mais de 300 produtos, sendo alguns deles fabricados com exclusividade. A loja também oferece opções de lista de casamento, chá bar, presentes e muito mais. Um universo de amor e possibilidades! E para quem busca uma experiência única, a loja física, que também serve de retirada de produtos, completa a experiência.

Formosa Balões

Os eventos e festas online dispararam durante a pandemia e a busca por itens de decoração acompanhou essa demanda. Nesse contexto, a Formosa Balões, localizada na Vila Formosa, em São Paulo, apostou nos balões personalizados. Silvane Mesquita, fundadora e CEO da empresa, além de divulgar seus produtos no online, criou um curso em que capacita mulheres a entrarem nesse mundo colorido. Hoje, ela comemora os resultados das vendas no digital. 

Luzz Cacau

A Josiane Luzz, chocolate maker e fundadora da Luzz Cacau, criou a marca com o propósito de ajudar o pai, que trabalhou a vida toda no sustento da família através da agricultura familiar.

A empresa nasceu quando Josiane viu uma reportagem que falava sobre o benefício do Cacau. Ela foi até a fazenda do pai, na Bahia, para iniciar o primeiro passo da construção da Luzz Cacau.

Em 2019 ela resolveu que não iria comercializar os grãos, mas criar um produto diferenciado com a matéria prima do chocolate.

Fashion Puppies

O projeto Fashion Puppies nasceu no Dia das Mães, quando a cachorrinha Blair trouxe amor, carinho e inspiração para a vida da Bárbara. Surgiu, então, uma relação linda e a marca de moda pet, que traz modelagens criativas e fashions para o mercado. 

A estilista e idealizadora conta no vídeo como surgiu a marca, qual a maior dificuldade em estar no mercado online e quais são os processos da operação do seu e-commerce.

Orgânicos da Fátima

O B2C foi a melhor solução encontrada para Fátima, que vendia antes da pandemia legumes e verduras para restaurantes. Quando o isolamento social veio à tona e muitos estabelecimentos fecharam suas portas, a empreendedora viu uma necessidade de readaptação.

Muitas pessoas passaram a fazer suas compras online, incluindo frutas, legumes e verduras no carrinho. Pensando nesse novo comportamento do consumidor, o time se reorganizou, aprendeu uma nova forma de trabalhar e aplicou no Orgânicos da Fátima todas as alterações necessárias. 

A primeira mudança da empresa foi refrigerar um dos carros para as entregas. Além disso, organizaram as rotas por bairro e por dias, para que a agilidade de entrega atendesse aos clientes de forma recorrente.

Segundo ela, mesmo com suas dificuldades, a experiência foi boa, a demanda cresceu, e o alcance no online foi maior do que imaginavam. 

Economia da Paixão

Marcelo Pimenta, palestrante, professor, escritor e descomplicador criativo, mostra como funciona a Economia da Paixão e porquê ela pode ser tão necessária para o sucesso. 

Para ele a Economia da Paixão, nada mais é do que você encontrar, dentro do que você ama fazer, uma profissão. Pimenta encontra no dia-a-dia dele, momentos de relaxamento e diversão para que todo o resto, incluindo o profissional, também caminhem positivamente. 

Por Paola Cecchi da redação E-Commerce Brasil