1 de 1 Logo do Twitter e página de Elon Musk na rede social. — Foto: REUTERS/Dado Ruvic

Logo do Twitter e página de Elon Musk na rede social. — Foto: REUTERS/Dado Ruvic

O conselho do Twitter pode chegar a um acordo com Elon Musk para venda da empresa em breve, disseram fontes familiarizadas com o assunto à Reuters. Há duas semanas, o bilionário fez uma oferta de US$ 43 bilhões (cerca de R$ 205 bilhões) em dinheiro para assumir o controle total da rede social.

A transação pode ser anunciada nesta segunda-feira (25), durante reunião do conselho da empresa, disseram as fontes. Por outro lado, há quem diga que é "sempre possível que o acordo desmorone no último minuto".

ENTENDA: por que o bilionário quer comprar a rede social e o que pode mudar na plataforma

INVESTIMENTO: Musk pretende destinar US$ 21 bilhões de sua fortuna para realizar a transação

No que chamou de sua "melhor e final" tentativa de compra da companhia, Musk prometeu pagar US$ 54,20 por ação da rede social em dinheiro.

Embora as opiniões dos acionistas do Twitter variem sobre qual seria um preço justo para um acordo, muitos entraram em contato com a empresa depois que Musk delineou seu plano de financiamento de aquisição na quinta-feira (21).

Espera-se que o conselho do Twitter avalie que a oferta de Musk é muito baixa quando o resultado dos lucros trimestrais da empresa forem divulgados na próxima quinta-feira (28).

No entanto, alguns acionistas ainda querem que o Twitter busque uma oferta melhor de Musk, cujo patrimônio líquido é estimado pela Forbes em US$ 270 bilhões (R$ 1,3 trilhão), disseram as fontes à Reuters.

Uma opção disponível para o conselho do Twitter é abrir suas finanças para Musk para tentar convencê-lo a aumentar a sua oferta. Outra seria solicitar ofertas de outros potenciais acionistas.

"Eu não ficaria surpreso em acordar na próxima semana e ver Musk aumentar o que ele chamou de sua melhor e última oferta para possivelmente US$ 64,20 por ação", disse um dos gestores de fundos investidos no Twitter, sob condição de anonimato.

"Ele também pode desistir de tudo. Tudo é possível", disse o gestor do fundo sobre a oferta de Musk.

Quem é Elon Musk, bilionário eleito

Quem é Elon Musk, bilionário eleito ‘Personalidade do Ano’ pela revista ‘Time’

Newsletter G1 Created with Sketch.

O que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

As notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail. Para se inscrever, entre ou crie uma Conta Globo gratuita.

Obrigado!

Você acaba de se inscrever na newsletter Resumo do dia.