A Meta, empresa dona do Facebook, está pronta para abrir sua primeira loja física. Nela, será possível experimentar e comprar óculos de realidade virtual e outros dispositivos, enquanto a empresa traça um curso para levar seu altamente elogiado metaverso ao mercado de tendências.

Foto do interior da Meta Store, publicada por Mark Zuckerberg nesta última segunda-feira (25).

Com 144 metros quadrados e localizada no campus Burlingame da empresa, na Califórnia, a Meta Store será inaugurada em 9 de maio. Entre as apresentações, destaque para: demonstrações para o óculos Quest 2 VR e dispositivo de videochamada Portal, bem como óculos de realidade aumentada (RA) da Ray-Ban.

Leia também: Segundo NielsenIQ Ebit, intenção de compra online para o 2º tri é maior desde 2018

Os aparelhos, com exceção dos óculos Ray-Ban, estarão disponíveis para compra na loja. Além disso, os produtos também podem ser adquiridos de forma online, através de uma nova aba de compras no meta.com, complementou a empresa.

Alto investimento no metaverso

A Meta está investindo pesado no metaverso, espaço virtual onde as pessoas interagem, trabalham e se divertem. Nesse caso, a intenção é adicionar novos recursos aos dispositivos que servem como pontos de acesso a este “mundo online”.

No início deste mês, o proprietária do Facebook disse que começaria a testar ferramentas para vender ativos e experiências digitais na Horizon Worlds, sua plataforma de realidade virtual lançada no final do ano passado.

Leia também: Para reforçar o omnichannel, Lojas Renner S.A. abrirá cerca de 40 lojas em 2022

Além disso, será cobrada uma taxa de 47,5% dos criadores de experiências e ativos digitais, uma medida que desencadeou críticas de alguns desenvolvedores de aplicativos.

Os compradores aguardam a próxima versão do óculos Quest 2 VR. Neste caso, é provável que seja lançado no segundo trimestre, uma vez que é amplamente entendido pelos analistas como crucial para os planos de metaverso da empresa.

Fonte: CNN Brasil