1 de 2 Elon Musk — Foto: REUTERS/James Glover II

Elon Musk — Foto: REUTERS/James Glover II

A Tesla, fabricante de carros elétricos de Elon Musk, perdeu US$ 126 bilhões (R$ 629 bilhões) em valor de mercado nesta terça-feira (26), segundo a consultoria especializada Economatica. A queda aconteceu um dia após o bilionário chegar a um acordo para comprar o Twitter.

A empresa agora é avaliada em US$ 907 bilhões (cerca de R$ 4,5 trilhões). A companhia terminou o dia com uma queda de 12,18% no valor das ações, vendidas a US$ 876,42 (R$ 4.377,45).

Desde 4 de abril, quando a participação de Musk no Twitter foi revelada, a Tesla desvalorizou cerca de 23%, de acordo com a Economatica. Isso equivale a uma perda de US$ 275 bilhões (R$ 1,3 trilhão) em valor de mercado.

No período, a participação de 17% de Musk na empresa enxugou mais de US$ 40 bilhões, segundo a Bloomberg.

Na última segunda-feira (26), o Twitter anunciou que aceitou uma oferta de US$ 44 bilhões feita por Musk. A transação ainda precisa ser aprovada pelos demais acionistas e por órgãos regulatórios, mas a companhia espera que ela seja concluída ainda este ano.

O magnata ofereceu US$ 54,20 em dinheiro por cada ação comum da rede social. O valor representa um prêmio de 38% sobre o preço dos papéis em 1º de abril, último dia de negociações antes de a participação de Musk no Twitter ser revelada.

Com a compra, o Twitter passa a ser uma companhia de capital fechado. Isso significa que a empresa não vai oferecer suas ações na bolsa.

"O fator mais relevante para a queda que vimos hoje é a possibilidade de o Musk vender uma parte considerável de sua posição em Tesla para pagar a aquisição do Twitter", disse Natan Epstein, sócio da Catarina Capital, gestora de investimentos com foco em empresas de tecnologia, ao g1.

Segundo ele, o tombo também foi causado pelo receio de alguns investidores de que o foco de Musk seja dividido entre as duas empresas.

A montadora também foi afetada por um dia ruim para outras empresas de tecnologia. O índice Nasdaq 100, que reúne as principais empresas americanas do setor, caiu mais de 3,5%.

Tesla na bolsa de valores

Apesar do tombo, a Tesla ainda é a 5ª maior empresa em valor de mercado na Nasdaq, de acordo com a Economatica. A empresa está atrás apenas de Apple, Microsoft, Alphabet (do Google) e Amazon.

Fundada em 2003, a montadora de Musk tem fábricas nos Estados Unidos, na China e na Alemanha. A fábrica europeia foi inaugurada em março, tem investimento de 5 bilhões de euros (R$ 26 bilhões) e poderá produzir até 500 mil carros por ano.

2 de 2 Raio X do Twitter — Foto: Arte/g1

Raio X do Twitter — Foto: Arte/g1

Elon Musk e o Twitter: Uma relação antiga e polêmica

Elon Musk e o Twitter: Uma relação antiga e polêmica

Newsletter G1 Created with Sketch.

O que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

As notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail. Para se inscrever, entre ou crie uma Conta Globo gratuita.

Obrigado!

Você acaba de se inscrever na newsletter Resumo do dia.