1 de 1 O empresário Sidnei Piva, presidente do Grupo Itapemirim. — Foto: Divulgação

O empresário Sidnei Piva, presidente do Grupo Itapemirim. — Foto: Divulgação

A assembleia de credores do Grupo Itapemirim votou nesta quarta-feira (18) pelo afastamento do presidente do grupo, o empresário Sidnei Piva. Ele está envolvido em diversas polêmicas dentro do processo de recuperação judicial da empresa, iniciado em 2016.

Entre as mais recentes está o fracasso a tentativa de criar uma companhia aérea, a ITA, que parou de operar em dezembro do ano passado depois de seis meses no ar. Credores apontavam desvio de recursos dos cofres da recuperanda.

LEIA MAIS

Segundo pessoas que acompanharam a audiência, a votação terminou com 99,6% dos credores defendendo o afastametno do executivo. Piva tentou passar um aditivo em que ele venderia um terreno avaliado em R$ 90 milhões para pagar credores e assim continuar no cargo, mas o aditivo foi recusado.

Piva foi afastado do controle da Itapemirim no final de fevereiro deste ano. Em 17 de março conseguiu voltar, após decisão da 1º Vara de Falências do TJ-SP. O executivo se envolveu em uma polêmica ao tentar vender a ITA no momento em que retomou o controle da empresa. O negócio, entretanto, foi desfeito.

Anac revoga autorização para voos da Itapemirim

Anac revoga autorização para voos da Itapemirim

Segundo documentos que o Valor teve acesso, a venda foi fechada em 21 de março, um dia antes de o executivo ser novamente afastado — decisão que se mantinha até hoje mesmo antes da votação dos credores por afastá-lo.

Em nota, o Grupo Itapemirim disse que o empresário Sidnei Piva e toda a diretoria do Grupo Itapemirim acatam a decisão da assembleia geral de credores, “mas com resiliência, usarão todos os recursos legalmente disponíveis em todas as instâncias da Justiça”, disse.

Newsletter G1 Created with Sketch.

O que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

As notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail. Para se inscrever, entre ou crie uma Conta Globo gratuita.

Obrigado!

Você acaba de se inscrever na newsletter Resumo do dia.