1 de 1 Musk afirmou que compraria o Twitter por US$ 44 bilhões. — Foto: AP Foto/John Raoux

Musk afirmou que compraria o Twitter por US$ 44 bilhões. — Foto: AP Foto/John Raoux

Acionistas do Twitter estão processando Elon Musk, que anunciou interesse na compra da empresa, acusando-o de manipular o mercado para ter uma redução de sua oferta de US$ 44 bilhões ou margem para negociar um desconto.

Segundo a ação judicial, o bilionário da Tesla tuitou e fez declarações com o objetivo de criar dúvidas sobre o negócio, o que vem agitando a rede social há semanas.

Apresentado nesta quarta-feira (26), o processo pede ao Tribunal Federal em São Francisco que apoie a validade do negócio e conceda aos acionistas ressarcimentos previstos em lei por quaisquer danos.

Musk disse na semana passada que sua oferta para comprar o Twitter não seria mantida se ele não recebesse informações sobre o número de contas falsas na plataforma, adicionando mais incerteza à negociação. Apenas duas horas depois, ele afirmou que ainda estava comprometido com a compra da rede social.

O tweet de Musk afirmando que o acordo de aquisição estava "temporariamente suspenso" vai contra o fato de que não há nada no contrato de compra que permita isso, argumenta o processo.

O magnata negociou a aquisição no final de abril sem realizar as devidas diligências esperadas em negociações desse porte, de acordo com a ação. O líder dos investidores é William Heresniak, da Virgínia.

Ainda de acordo com o processo, o contrato resultante precisava apenas da aprovação dos acionistas do Twitter e de reguladores, e seria fechado até 24 de outubro deste ano.

A ação também ressalta que Musk estava plenamente ciente de que várias contas do Twitter são controladas por "bots", em vez de pessoas reais.

"Musk passou a fazer declarações, enviar tweets, e se envolver em condutas destinadas a criar dúvidas sobre o negócio e abaixar substancialmente os preços das ações do Twitter", diz a ação.

Seu objetivo, argumenta o processo, era ganhar vantagem para adquirir o Twitter por um valor muito menor ou sair da negociação sem sofrer qualquer penalidade.

"A manipulação feita por Musk funcionou. O Twitter perdeu US$ 8 bilhões em valor de mercado desde que a aquisição foi anunciada", diz o documento

Investidores em dúvida

As ações da rede social fecharam nesta quinta-feira levemente em alta a US$ 39,52, em um sinal de dúvida dos investidores sobre se a aquisição será concretizada a US$ 54,20 por ação, conforme a oferta de Musk.

"O desrespeito de Musk pelas leis de valores mobiliários demonstra como alguém pode ostentar a lei e o código tributário para construir sua riqueza às custas dos outros americanos", diz o processo judicial.

O Twitter afirmou em documentos regulatórios que está comprometido em concluir a aquisição sem demora no preço e nos termos acordados.

Musk não respondeu imediatamente a um pedido de comentário enviado à assessoria de imprensa da Tesla.

Newsletter G1 Created with Sketch.

O que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

As notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail. Para se inscrever, entre ou crie uma Conta Globo gratuita.

Obrigado!

Você acaba de se inscrever na newsletter Resumo do dia.