A 4ª revolução industrial está transformando todos os setores da economia, inclusive a indústria automotiva. A tecnologia tem sido grande aliada do setor, proporcionado grandes avanços em toda a cadeia desde o início da produção industrial, especialmente na era fordiana.

Por conta da pandemia da Covid-19, o ano de 2020, se comparado a 2019, não foi tão expressivo para o setor automotivo em geral, registrando queda de 46% na quantidade de pedidos e de 37% no faturamento, segundo dados do relatório da Webshoppers. O ano de 2021 foi de recuperação para o setor, e as projeções de crescimento são positivas.

A transformação digital na indústria automotiva já é realidade e vai se potencializar ainda mais nos próximos anos.

Primeiros passos da transformação digital na indústria automotiva

Seria possível imaginar que algum dia se compraria carro pelo comércio eletrônico? Com experiências cada vez mais imersivas, essa tendência já é uma realidade. Um bom exemplo é a Renault que, mesmo antes da pandemia, em 2018, criou o “K-Commerce”, plataforma que permitia a venda do lançamento Kwid de maneira online.

O sucesso foi imediato e, em menos de cinco meses, a montadora vendeu mais de cinco mil unidades, representando 37% dos emplacamentos do modelo durante os primeiros meses de lançamento. Ainda nesse período pré-pandemia, também já era possível encontrar gigantes da mecânica e das autopeças explorando as possibilidades do e-commerce em seus negócios.

Mesmo para um grupo majoritariamente offline, o caminho para a digitalização era inevitável. Com a pandemia, o comércio eletrônico passou a ser uma realidade para diversos players do ecossistema, não apenas para montadoras e concessionárias, mas também para as lojas e revendas de autopeças, potencializando a capacidade de atingir mais e novos clientes e de ampliar as possibilidades de venda por meio do uso do catálogo digital, por exemplo.

Os benefícios da transformação digital

Com a retomada das atividades, os mundos online e offline passaram a coexistir e se suportar no setor, ampliando as possibilidades da indústria em impactar os clientes nos diferentes momentos da jornada de compra, oferecendo mais recursos e experiências agradáveis.

A digitalização tem trazido diversos benefícios para o setor automotivo, como:

Pensando no produto final, podemos esperar um crescimento dos carros elétricos nos próximos anos, que já vêm apresentando crescimento ano a ano, de acordo com a Associação Brasileira de Veículos Elétricos (ABVE).

A transformação digital no mercado automotivo já é realidade e vai se potencializar ainda mais nos próximos anos. Por isso, como gestor ou dono de um negócio digital, você não pode ficar de fora dessa revolução. Bons negócios!

Leia também: Automotivo: o que considerar nas vendas dessa categoria

Gostou desse artigo? Não esqueça de avaliá-lo! Quer fazer parte do time de articulistas do portal, tem alguma sugestão ou crítica? Envie um e-mail para redacao@ecommercebrasil.com.br