Varejistas do Reino Unido como Currys, Asos, The Very Group e Gymshark estão entre as principais empresas que escreveram ao chanceler Rishi Sunak pedindo que ele rejeitasse propostas de um imposto sobre vendas online (OST).

Em uma carta conjunta ao chanceler do Reino Unido, 11 varejistas e grupos do setor, incluindo AO.com, Gymshark, Ocado, eBay e Made.com, disseram que a taxa era um “imposto sobre compras” e pioraria a crise do custo de vida, informou o The Telegraph.

As empresas escreveram que o projeto de lei prejudicaria o mercado, além de sufocar a inovação e o investimento no varejo.

“Acreditamos que um OST não ajudaria o setor e sufocaria a inovação e o investimento no varejo do Reino Unido. O ônus das taxas de negócios no varejo é muito alto e precisa ser reformado, mas um imposto adicional sobre um setor que já está sobrecarregado não é a resposta. Os varejistas teriam pouca escolha a não ser repassar um OST aos consumidores na forma de preços mais altos, alimentando assim a inflação. O fardo provavelmente cairá mais pesado em grupos que incluem pessoas de baixa renda”, diz a nota.

A carta foi enviada após o encerramento de uma consulta sobre o imposto sobre vendas online que o governo do Reino Unido sugeriu que poderia corrigir o desequilíbrio entre os varejistas on-line e suas contrapartes nas ruas. Acredita-se que a introdução de um imposto sobre vendas on-line abriria caminho para o governo reduzir as taxas de negócios.

A proposta dividiu o varejo. Na semana passada, o ex-chefe da M&S, Steve Rowe, disse que os varejistas do Reino Unido “cortariam seus tecidos” de acordo e se fossem confrontados com outro imposto e isso provavelmente significaria cortar o investimento em lojas para varejistas multicanal.

No entanto, o CFO da Sainsbury, Kevin O’Byrne, instou a adoção do imposto sobre vendas online no Reino Unido serve para financiar a reforma das taxas de negócios. O governo britânico ainda não tomou uma decisão sobre se deve avançar e introduzir o imposto sobre vendas online.

Leia também:

Fonte: Retail Gazette