Segundo o último relatório de ganhos do Alibaba, os robôs autônomos desenvolvidos pelo Alibaba Group entregaram mais de 10 milhões de encomendas até 31 de março. Os Xiaomanlv (ou “burrinhos”, em mandarim) já somam mais de 500 unidades e fazem entregas desde setembro de 2020 em campus universitários em toda a China.

Os robôs de entrega autônomos do Alibaba, Xiaomanlv, entregaram mais de 10 milhões de encomendas na China. Crédito da foto: Grupo Alibaba

A entrega de última milha é o calcanhar de Aquiles das empresas de logística. Afinal, as paradas de casa em casa são lentas, trabalhosas e representam até 28% do custo total do envio, de acordo com o grupo de pesquisa Euromonitor International.

Leia também: Executivo por trás da logística da Amazon deixa cargo após 23 anos

E é exatamente aí que entram os Xiaomanlv. Alimentados pela tecnologia do Autonomous Driving Lab (do instituto de tecnologia e ciência do Alibaba, o DAMO Academy), os dispositivos apodem transportar cerca de 50 pacotes por vez e viajar 100 quilômetros com uma única carga.

Os robôs podem navegar 99,9% do tempo sem intervenção humana, auxiliados por um algoritmo que encontra as rotas de entrega mais eficientes.

“A maior vantagem que os robôs autônomos têm é sua confiabilidade, Além disso, sua vantagem de custo entrará em jogo quando atingirem economia de escala”, disse Hu Changqing, que liderou a equipe de operação da Xiaomanlv em Cainiao, a rede de logística do Alibaba.

A empresa supervisionou a implantação dos robôs em mais de 200 universidades chinesas, onde entregam encomendas enviadas pelo sistema de correio Cainiao Post.

Automação

A crescente demanda dos clientes por entregas rápidas e baratas está impulsionando a automação no setor de logística.

Mais de 60% dos compradores mudariam de plataforma de comércio eletrônico para evitar o pagamento de taxas extras de entrega, informou a consultoria Atos.

Mas a implantação de robôs requer um investimento inicial e os operadores devem considerar os custos de fabricação e teste. Por exemplo, antes de Xiaomanlv iniciar o serviço em uma nova área, a Cainiao precisa mapear a área para garantir que o robô possa navegar pela rota.

Leia também: China deve concluir investigação sobre Didi em meio ao relaxamento de cerco

Para obter economias em escala, o Alibaba pilotou os robôs em campi universitários com estações de correios Cainiao movimentadas. Neste caso, recebem mais de 4.000 pacotes todos os dias.

Envio seguro

Durante a pandemia, as entregas autônomas são uma das formas mais seguras de manter o distanciamento social.

Quando a pandemia levou à interrupção da logística durante os recentes bloqueios em Xangai, mais de 20 Xiaomanlv foram usados ​​para entregar mais de 600 mil mercadorias para residentes trancados em abril e maio.

Hu Changqing espera implantar 1.000 robôs de entrega Xiaomanlv em cerca de 500 campi escolares até o final do ano. “Em breve, as pessoas poderão até usar os robôs para entregar mercadorias que vão de comida a remédios”, disse.

Fonte: Alizila

Leia também: Consumidores gastam mais online com marcas que dão “toque pessoal”