O ex-ministro da Fazenda, Ernane Galvêas, morreu aos 99 anos, na noite desta quinta-feira (23), no Hospital Samaritano, em Botafogo, na Zona Sul do Rio de Janeiro.

A família de Ernane não autorizou que a unidade hospitalar divulgasse detalhes sobre a causa da morte.

Nascido em 1º de outubro de 1922, Ernane assumiu o Ministério da Fazenda em janeiro de 1980 e permaneceu no cargo durante os últimos anos da ditadura militar, sob o governo de João Figueiredo.

Com a chegada de José Sarney à presidência da República, em março de 1985, Ernane Galvêas deixou o Ministério da Fazenda, sendo substituído por Francisco Dornelles.

Além de ministro, Galvêas também foi presidente do Banco Central em dois períodos, entre 1968 e 1974 e entre 1979 e 1980. Desde 1991, ele passou a ocupar o cargo de consultor econômico da Confederação Nacional de Comércio (CNC).

Ernane Galvêas também foi professor universitário na Faculdade de Ciências Econômicas da Guanabara, e na Faculdade de Economia e Finanças do Rio de Janeiro.

Ele era casado com Léia dos Santos Galveias, com quem teve dois filhos.

Newsletter G1 Created with Sketch.

O que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

As notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail. Para se inscrever, entre ou crie uma Conta Globo gratuita.

Obrigado!

Você acaba de se inscrever na newsletter Resumo do dia.