1 de 1 Airbnb é mais uma marca global a suspender os serviços na Rússia após a invasão da Ucrânia — Foto: Divulgação/Airbnb

Airbnb é mais uma marca global a suspender os serviços na Rússia após a invasão da Ucrânia — Foto: Divulgação/Airbnb

O Airbnb anunciou nesta terça-feira (28) a proibição de festas em casas e apartamentos alugados em sua plataforma. A regra da empresa impede encontros que possam incomodar vizinhos.

A decisão tinha sido tomada de forma temporária em 2020 por conta da pandemia de Covid-19 e, agora, se tornou permanente.

"A proibição temporária se revelou eficaz, por isso incluímos oficialmente essa medida em nosso regulamento", informou a empresa.

As pessoas que moram perto de um imóvel alugado pelo Airbnb podem denunciar incidentes, incluindo festas e eventos não autorizados, por meio do "Canal de Apoio ao Vizinho", site criado pela plataforma em 2020.

Em 2019, o serviço começou a proibir festas organizadas por meio das redes sociais, além de eventos que pudessem incomodar vizinhos das residências alugadas.

A restrição começou após um tiroteio ocorrido em uma festa de Halloween em Orinda, Califórnia, em que cinco pessoas morreram e várias ficaram feridas. Mais de 100 pessoas participavam da festa, que aconteceu em uma casa alugada na plataforma.

LEIA MAIS

A empresa adotou novas restrições devido à pandemia, para impedir eventos que pudessem se tornar focos de contágio da Covid-19.

A suspensão temporária de todas as festas foi apresentada como uma medida de prevenção sanitária. A empresa observou uma queda anual de 44% nas denúncias de festas realizadas em propriedades listadas na plataforma. "A suspensão foi bem recebida pela nossa comunidade", afirmou.

Newsletter G1 Created with Sketch.

O que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

As notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail. Para se inscrever, entre ou crie uma Conta Globo gratuita.

Obrigado!

Você acaba de se inscrever na newsletter Resumo do dia.