1 de 1 Netflix — Foto: Reuters/Dado Ruvic

Netflix — Foto: Reuters/Dado Ruvic

A Netflix informou nesta terça-feira (19) que perdeu 970 mil assinantes entre abril e junho de 2022, o que marca o segundo recuo consecutivo no número de usuários da plataforma. Apesar do resultado, a empresa evitou sua pior projeção.

Em abril, após apresentar uma perda de 200 mil assinantes no primeiro trimestre, a Netflix já havia anunciado que poderia perder mais 2 milhões de assinantes entre abril e junho. A declaração criou dúvidas sobre as perspectivas de crescimento da plataforma no longo prazo.

Em carta para acionistas, a empresa disse ter examinado a queda nas assinaturas e declarou que esse movimento foi atribuído por uma série de fatores incluindo compartilhamento de senhas, competição e crise econômica.

A Netflix continua sendo o maior serviço de streaming de vídeo do mundo, com quase 221 milhões de assinantes.

Para o terceiro trimestre de 2022, a companhia estima que conseguirá 1 milhão de novos usuários. De acordo com dados da consultoria Refinitiv, analistas de Wall Street esperavam uma previsão de 1,84 milhão de novos assinantes, em média.

Apesar da previsão abaixo do esperado para os próximos meses, as ações da Netflix dispararam no pregão estendido. Os papéis da empresa, que acumulam queda de 67% em 2022, subiam 7% depois da divulgação do balanço.

Estratégias da Netflix

A Netflix planeja lançar no próximo ano um plano mais barato apoiado na exibição de propaganda para reduzir cancelamentos. A empresa também trabalha para coibir o compartilhamento de senhas por várias pessoas.

A companhia disse na segunda feira (18) que, em cinco países, vai cobrar um valor adicional de quem acessar contas em mais de uma residência, o que não é permitido pelo serviço. A ação será realizada nestes locais: Argentina, República Dominicana, Honduras, El Salvador e Guatemala.

Procurada, a Netflix afirmou que "o Brasil não está incluído entre os países em que a regra (de moradia extra) será adotada".

Newsletter G1 Created with Sketch.

O que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

As notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail. Para se inscrever, entre ou crie uma Conta Globo gratuita.

Obrigado!

Você acaba de se inscrever na newsletter Resumo do dia.