1 de 1 Queda na renda média do brasileiro é uma das explicações para volta de idosos ao mercado de trabalho — Foto: Serginho Oliveira e Aurélio Sal/EPTV

Queda na renda média do brasileiro é uma das explicações para volta de idosos ao mercado de trabalho — Foto: Serginho Oliveira e Aurélio Sal/EPTV

A procura por um emprego é preocupação de 10,6 milhões de pessoas no Brasil, segundo o último levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgado em junho. Mas, além dos desempregados, outros milhares de aposentados também estão em busca de uma oportunidade de trabalho, seja para complementar a renda ou mesmo para se manterem ativos.

Conseguir voltar para o mercado após os 60 anos não é fácil, mas não é impossível. Segundo a consultora de Recursos Humanos, Luciana Crnkovic, a aposentadoria pode ser um empecilho porque as empresas têm receio de que o funcionário possa ter menos compromisso e sair a qualquer momento por ter uma fonte de renda. (veja abaixo dicas para conseguir um emprego após os 60 anos).

Em contrapartida, a experiência de uma pessoa mais velha, com mais experiência de vida e mais maturidade emocional pode ser muito útil às empresas.

“Ela traz a forma de lidar, traz soluções que um profissional mais jovem ainda está aprendendo a fazer e um profissional aposentado com experiência e qualificação vai resolver mais rapidamente”, afirma Luciana.

Especialista dá dicas para aposentados que estão em busca de vagas no mercado de trabalho

Especialista dá dicas para aposentados que estão em busca de vagas no mercado de trabalho

A consultora dá algumas dicas para melhorar as chances de ser contratado após os 60 anos:

Incentivo legal

Um projeto de lei que tramita na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado propõe implementar um sistema de incentivos fiscais para empresas que contratarem pessoas acima de 60 anos.

De autoria do senador Chico Rodrigues (DEM-RR), o Projeto de Lei 4.890/19 permitiria à empresa deduzir um salário mínimo da contribuição à seguridade social a cada seis meses de trabalho do funcionário com mais de 60 anos.

Além disso, também teria o direito de deduzir da base de cálculo da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) os salários que pagar a este funcionário. O prazo do benefício seria de 5 anos.

O projeto está na CAE do Senado desde 7 de dezembro e, caso seja aprovado, vai direto para a Câmara dos Deputados.

Veja mais notícias da região no g1 São Carlos e Araraquara.

Newsletter G1 Created with Sketch.

O que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

As notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail. Para se inscrever, entre ou crie uma Conta Globo gratuita.

Obrigado!

Você acaba de se inscrever na newsletter Resumo do dia.