1 de 1 Facebook mudou nome da empresa para Meta. Funcionários revelam novo logo na Califórnia — Foto: Justin Sullivan / Getty Images North America / Getty Images via AFP

Facebook mudou nome da empresa para Meta. Funcionários revelam novo logo na Califórnia — Foto: Justin Sullivan / Getty Images North America / Getty Images via AFP

A Meta anunciou nesta quarta-feira (27) que o Facebook perdeu 2 milhões de usuários mensais em todo o mundo no segundo trimestre de 2022. O grupo também registrou sua primeira queda de faturamento trimestral na história, com redução de 1% em relação ao mesmo período do ano passado.

Entre abril e junho deste ano, o Facebook de 2,936 bilhões de usuários mensais ativos para 2,934 bilhões no mundo.

A queda aconteceu na Europa (de 418 milhões para 407 milhões), única região onde a empresa teve resultado negativo. Nas outras regiões, a gigante conseguiu manter um crescimento tímido do número de usuários mensais nos últimos três meses:

A perda de usuários mensais marca mais um desempenho atípico da rede social em 2022. Em fevereiro, o Facebook já tinha perdido usuários diários pela primeira vez.

Apesar disso, o conglomerado, que reúne também os aplicativos Instagram, Whatsapp e Messenger, teve um crescimento geral em audiência. Essas plataformas reunidas ganharam 10 milhões de usuários, passando para 3,65 bilhões.

O faturamento da Meta ficou em US$ 28,8 bilhões no segundo trimestre de 2022, contra US$ 29 bilhões no mesmo período de 2021. O lucro líquido da empresa também caiu em relação ao mesmo período do ano passado, saindo de US$ 10,3 bilhões para US$ 6,6 bilhões.

Newsletter G1 Created with Sketch.

O que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

As notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail. Para se inscrever, entre ou crie uma Conta Globo gratuita.

Obrigado!

Você acaba de se inscrever na newsletter Resumo do dia.