Estão liberados todos os militares que estavam aquartelados desde o furto das 21 metralhadoras de um quartel do exército, na Grande São Paulo. Segundo o comando militar, as investigações avançaram e os envolvidos foram liberados para cumprir expediente normal, o que não implica liberação do processo do caso. Das 21 armas levadas, quatro seguem desaparecidas. Todas de calibre ponto cinquenta, capaz de atingir aviões, perfurar paredes de concreto e veículos blindados. Sete suspeitos de envolvimento no crime são investigados.

Inscreva-se no canal Hoje em Dia: http://r7.com/DUqw
Assista às íntegras no PlayPlus: https://www.playplus.com
Facebook: https://www.facebook.com/ProgramaHojeEmDia/
Instagram: https://www.instagram.com/hojeemdia/
Twitter: https://twitter.com/hojeemdia
Site oficial: https://recordtv.r7.com/hoje-em-dia

#HojeEmDia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.